sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O Lobo noturno - Mafalda Sanches


"Na floresta dos meus sonhos o lobo aparecia cauteloso
Sabia que eu fugiria perante o mais trémulo movimento
Passo a passo o lobo vagarosamente foi-se aproximando, sempre zeloso
E eu sonhava perdida num mundo de fantasia, quem seria o ser misterioso
E eu acordava confusa sobre porque sonhava com o lobo de pêlo cerdoso
E eu sorria pois o coração de mármore era aos poucos um mero sentimento..."

Mafalda Sanches in "O Lobo nocturno"
Enviar um comentário